Renata Manzione Zanzotti

NASCIMENTO: 24/03/1982

Nasceu para cuidar de gente. Criança doce e delicada gostava de brincar de boneca e cuidar dos primos e vizinhos. Cresceu e resolveu cuidar de gente, optou por seguir a área de reabilitação e adaptação social. Formou-se em Terapia Ocupacional pela PUCAMP, curso composto de disciplinas da área de saúde, como anatomia, fisiologia, biologia e pediatria, e das Ciências Humanas e Sociais, como ética e psicologia.  Trabalhou no HC na área de cuidados paliativos. Mudou de profissão. Foi para área de eventos onde produziu e coordenou equipes de trabalho. Por toda vida foi imã de crianças, onde passava seus olhos brilhavam e elas se encantavam. Abriu mão de tudo e se entregou a sua paixão. Cuidar e educar gente bem pequena.

F lávia Zanzotti Cruz

NASCIMENTO: 12/12/1978

Nasceu para ser artísta, criança extrovertida e sensível, brincava de criar espetáculos, coreografias, coordenava elenco, criava figurinos. Cresceu e resolveu fazer Artes Plásticas, foi contaminada pelo bichinho da educação e nunca mais conseguiu fazer outra coisa. Formou-se em Licenciatura em Artes Plásticas na FAAP, estagiou na Móbile, passou pela Associação Pela Familia(ONG mantida pelo Gracinha), Aldeia dos Pandavas(Pueri Domus escolas Associadas) e coordenou o Centro de Estudos do Colégio Santa Maria. Trabalhou com formação de professores e educação em espaços não formais (Museus e Centros Culturais). Idealista tinha um sonho: trabalhar com educação de forma sensível, integrando arte, poesia e infância. Resolveu realizá-lo. 

"(...)

Há um menino

Há um moleque

Morando sempre no meu coração

Toda vez que o adulto balança

Ele vem pra me dar a mão

 

Há um passado no meu presente

Um sol bem quente lá no meu quintal

Toda vez que a bruxa me assombra

O menino me dá a mão

 

E me fala de coisas bonitas

Que eu acredito

Que não deixarão de existir

Amizade, palavra, respeito

Caráter, bondade alegria e amor

Pois não posso

Não devo

Não quero

Viver como toda essa gente

Insiste em viver

E não posso aceitar sossegado

Qualquer sacanagem ser coisa normal(...)" 

 

 

Milton Nascimento

 

Rua Silvino Canuto Abreu, 29  -  Campo Belo  -  São Paulo / SP

Telefone: 011 5093 2522

 atendimento@mandacarueducacao.com